O seu empreendimento está preparado para produzir alimentos?

Quando o assunto é empreender, grande parte das pessoas logo pensa em fabricar algum tipo de alimento.

Seja para vender para o família e os amigos mais próximos aquela receita super especial, produzida de forma artesanal ou realmente fazer disto um empreendimento inovador com técnicas de produção em escala, exige-se um plano de negócios estruturado.

Abrir algo no setor da alimentação precisa ser muito bem pensado, buscando sempre se atualizar e estar de acordo com as leis e, principalmente, atendendo as normas sanitárias ou dos outros órgãos de fiscalização.

As adequações para um local estar preparado para produzir alimentos devem estar detalhadas no plano de negócios, e em alguns casos, deve-se ter uma assessoria ou consultoria técnica de profissionais como administradores, contadores, arquitetos, publicitários, e especialistas como engenheiros de alimentos, nutricionistas ou médicos veterinários.

Sabe aquele ditado: afiar o machado antes de cortar uma árvore? Sim, este deve ser o seu pensamento. Planejar antes de fazer.

Em alguns casos, existe a vontade de montar um plano piloto, com atividades em casa ou de forma preliminar para ver se dá certo, mas isto não é empreender. O conceito é muito bem apresentado neste artigo.

Para você que deseja iniciar esta jornada empreendedora, sente-se e planeje.

Levante os custos e os tipos de documentos para regularizar a empresa de  acordo com seu tamanho, e opte inicialmente pelo regime de tributação MEI ou Simples. Um contador pode te apoiar nesta orientação.

Outra etapa é encontrar o local ou o imóvel para serem elaboradas as plantas com definições de áreas do fluxo de pessoas, embalagens, insumos, resíduos e os setores produtivos. Estude e monte um memorial descritivo das instalações e o levantamento crítico dos equipamentos e utensílios a serem investidos.

Defina sua “Marca Fantasia”, mas atenção com esta etapa. Há alguns nomes, palavras ou slogans que são registrados e são de propriedade de outras empresas ou pessoas e podem comprometer toda a sua estratégia se você for acionado por uso indevido de marca.

Produzir um produto artesanal ou em escala industrial não é apenas pegar uma receita caseira e produzir em casa. Tratamos deste assunto em um artigo.

A maior entidade sobre empreendedorismo no Brasil é o SEBRAE.

Em seu site, há vários conteúdos cursos e vídeos que oportunizam uma trajetória de aprendizado para futuros e atuais empreendedores. Buscar informação é um dos passos iniciais para empreender, principalmente com alimentos, pois impactamos vidas.

Segue uma lista de cursos online sugeridos para seu aprendizado:

O sonho de empreender deve se tornar uma competência em empresariar um negócio da alimentação.

De pequeno, desde a fase pré-operacional e nas demais estágios do negócio, a jornada de aprendizado é longa. E jamais deve ser solitária: busque pessoas com expertises e saberes que aumentem seu entendimento sobre como escalar o negócio e atuar em diversos canais de vendas, além de manter a segurança dos alimentos e a qualidade percebida dos produtos.

Contate-nos para Palestras, Treinamentos e Consultorias Alimentares em seu estabelecimento pelo e-mail: assessoria@ouvidoriaalimentar.com.br.

Acompanhe nossas mídias sociais e baixe o e-book em www.ouvidoriaalimentar.com.br.
#OuvidoriaAlimentar
#DraAdrianaabud
#ProduçãodeAlimentos
Autora: Dra. Adriana Abud é Médica Ouvidora, Expert em Food Safety, Food Defense e Food Fraud.
Imagem: Tina Gasparin

Compartilhe o post nas redes:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe seu comentário:

Copyright © Ouvidoria Alimentar 2020.