Oito regras para manipular alimentos


Manipular os Alimentos exige algumas regrinhas, vamos aprender 8 delas?

1 – A higienização de hortifrutícolas deve ser feita em local apropriado, com água potável e produtos desinfetantes para uso em alimentos, regularizados na ANVISA, e deve atender as instruções recomendadas pelo fabricante;

2 – Alimentos preparados crus, manipulados, parcialmente cozidos, ou prontos para o consumo, devem ser armazenados sob refrigeração, protegidos e identificados com, no mínimo, as seguintes informações: designação, data de preparo e prazo de validade;

3 – As matérias-primas, os ingredientes, as embalagens e outros produtos devem ser armazenados em local limpo, organizado, ventilado, sem receber luz solar direta, livre de entulho ou material tóxico, e de acordo com as características intrínsecas do alimento e as recomendações do produtor de forma a garantir proteção contra contaminantes;

4 – No ato do recebimento de matérias primas, ingredientes, alimentos industrializados ou prontos para consumo deve-se avaliar: cor, gosto, odor, aroma, aparência, textura, consistência e sabor dos produtos de acordo com os padrões de identidade e qualidade definidos;

5 – Os ingredientes e as embalagens devem ser armazenados sobre paletes, prateleiras e/ou estrados, estando estes obrigados a manter distâncias necessárias do forro, das paredes e do piso, para garantir adequada ventilação, limpeza e quando for o caso, a desinfecção do local ou a circulação de pessoas;

6 – As superfícies dos equipamentos, móveis e utensílios devem ser lisas, impermeáveis, laváveis e não apresentar rugosidades, frestas e outras imperfeições que possam comprometer a higienização dos mesmos e serem fontes de contaminação dos alimentos;

7 – Utilize diferentes equipamentos e utensílios, como facas ou tábuas de corte para alimentos crus e para alimentos cozidos. Guarde os alimentos em embalagens ou recipientes fechados, para que não haja contato entre alimentos crus e cozidos. Lavar bem os utensílios e as mãos depois de manipular alimentos crus;

8 – As áreas de exposição do alimento preparado e de consumação ou refeitório devem ser mantidas organizadas e em adequadas condições higiênico-sanitárias.

Outras orientações técnicas e legais podem ser lidas nos atalhos abaixo:

Contate-nos para apoiar nos Protocolos Comportamentais e Higiênico-Sanitários e para Consultorias Alimentares em seu estabelecimento pelo e-mail: assessoria@ouvidoriaalimentar.com.br.

Acompanhe nossas mídias sociais e baixe o e-book em www.ouvidoriaalimentar.com.br.

#OuvidoriaAlimentar
#DraAdrianaAbud
#ProtocolosHigiênicoSanitários

Autora: Dra. Adriana Abud é Médica Ouvidora, Expert em Food Safety, Food Defense e Food Fraud.

Imagem: Giovana Barbosa

Compartilhe o post nas redes:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe seu comentário:

Copyright © Ouvidoria Alimentar 2020.